Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Watcher Of Dreams

The Watcher Of Dreams

24
Jan18

Errar é humano, mas às vezes não pode ser

C.

Trabalho numa empresa de informática e o meu cliente são hospitais.

Além de fazer melhorias para a nossa aplicação, corrijo erros que se vão encontrando, erros informáticos, e erros humanos feitos pelo pessoal do hospital.

Estou neste projecto há mais de um ano e digo-vos que nunca mais vou confiar cegamente no trabalho de ninguém numa instituição hospitalar. Acho que não vos passa pela cabeça a quantidade de erros que eles cometem. 

Errar é humano, é verdade. Mas os erros que eu vejo sabendo que eles lidam com vidas? É inadmissível. 

Quando eu me meto a reclamar que isto é inadmissível, respondem-me tens que perceber que eles lidam com centenas de pessoas por dia, não é fácil.

A realidade é que às vezes morrem pessoas, porque o pessoal esteve o tempo todo a ver o processo clínico da pessoa errada. Se eu me enganar a fazer o meu trabalho posso fazer com que pessoas que já pagaram exames recebam a conta outra vez, por exemplo. Ou também posso, de facto, trocar os processos clínicos das pessoas. Se nós, que estamos a quilómetros de distância, temos que garantir que nenhum dados é trocado e que nenhum processo corre mal, ainda mais responsabilidade de não errar tem quem está com os pés nas urgências.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Free Delivery on all Calendars at the Book Depository